Governo federal reconhece situação de emergência de São Carlos após estragos das chuvas

Prefeitura pediu verba de R$ 13 milhões para ajudar nas obras de recuperação.

Chuva causou alagamentos no Centro de São Carlos em janeiro e fevereiro Reprodução/EPTV O governo federal reconheceu a situação de emergência, em São Carlos (SP), em uma portaria publicada nesta sexta-feira (14) no Diário Oficial da União, pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, vinculada ao Ministério do Desenvolvimento Regional.

A cidade foi atingida pela chuva forte e teve vários estragos e alagamentos pelo menos 5 vezes entre janeiro e fevereiro. Prefeitura pediu R$ 13 milhões A prefeitura ainda não sabe quais obras de recuperação vão ser priorizadas e que isso vai depender do valor que vai ser repassado ao município. Rua do Centro destruída após chuva em São Carlos Reprodução/EPTV Segundo o secretário de Segurança Pública e Defesa Social de São Carlos, Samir Gardini, a prefeitura pediu ao governo federal R$ 13 milhões para ajudar nas obras de recuperação.

Na terça-feira (11), a prefeitura anunciou liberação de R$ 1,3 milhão de verba municipal para obras emergenciais no Centro.

Chuva causou alagamentos no Centro de São Carlos em janeiro e fevereiro Reprodução/EPTV Cronologia dos estragos: No dia 2 de janeiro, uma forte chuva causou vários pontos de alagamentos na cidade.

O muro do viaduto na Vila Prado, caiu e atingiu um carro. No dia 4 de janeiro, a chuva também causou inundações e três pessoas que ficaram ilhadas precisaram ser resgatas pela Defesa Civil. No dia 12 de janeiro, a enchente destruiu o asfalto e calçadas do Centro, abriu buracos e causou desbarrancamentos.

Pelo menos 123 lojas foram invadidas pelas águas, causando prejuízo de pelo menos R$ 5 milhões.

Foi o dia com mais estragos na região. No dia 1º de fevereiro, a chuva causou novamente inundações e alagou o Centro.

Não foram registrados prejuízos.

O Córrego do Mineirinho também voltou a transbordar e o acesso a um trecho da Avenida Dr.

Francisco Pereira Lopes foi interditado. No dia 6 de fevereiro, o trabalho de recuperação dos estragos que os alagamentos causaram na Rua Episcopal, na altura do calçadão, foi prejudicado com um novo alagamento. Veja mais notícias da região no G1 São Carlos e Araraquara.

Categoria:SP - São Carlos e Araraquara